segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Curuçá recebe projeto Diálogos com a Comunidade

A Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH) realiza, na próxima quinta-feira (26), mais uma oficina do projeto “Diálogos com a Comunidade”, dessa vez no município de Curuçá, a 136 km de Belém (PA). A ação faz parte do Programa de Cidadania e Acesso à Justiça (PAJ), da SDDH, que atua juridicamente em casos exemplares de violações de direitos humanos e também realiza ações pedagógicas envolvendo esse conceito.

“Nós acreditamos que o conhecimento construído coletivamente, difundido e compartilhado, é um instrumento fundamental para a garantia de direitos de todos os povos e para sua emancipação”, explica a advogada Anna Lins, coordenadora do PAJ. A realização desses “Diálogos com a Comunidade” faz parte da ideia de que a defesa dos direitos humanos depende, entre outras coisas, do conhecimento que povos e comunidades possuem a respeito desses direitos.

O público-alvo da ação é composto de mulheres, trabalhadores rurais, representantes de associações comunitárias, pescadores e pescadoras e a juventude de forma geral. A primeira edição do “Diálogos” foi realizada no município de Marudá no último dia 31 de agosto e contou com ampla participação da comunidade. Em Curuçá, a atividade ganha ainda mais importância por conta da construção iminente do Porto do Espadarte, que promete ocupar a área de uma reserva extrativista e causar grande impacto socioambiental.

A programação envolve música, dinâmicas de grupo, conversa com pessoas que atuam na linha de frente da defesa de direitos e exposição audiovisual. O público participa da programação ao longo dos turnos da manhã e da tarde, com certificado garantido ao final do evento.

Serviço

Oficina “Diálogos com a Comunidade”
Data: 26/09/2013
Locais: Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Curuçá (Trav. 25 de Março, s/n)
Horário: 8h30 às 18h, com intervalo para almoço.
Informações: sddh@sddh.org.br