segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Movimento zapatista: 20 anos de resistência. Uma reflexão necessária

A SDDH aproveita o ano de 2014, quando o movimento zapatista completa 20 anos, para oferecer aos leitores a oportunidade de refletir sobre uma das formas de organização camponesa e indígena que demarca seu espaço por direitos numa sociedade excludente. Inspiremo-nos, porque ainda temos muitos desafios pela frente. Dia após dia.

Antônio García de León, professor da Divisão de Pós-Graduação da Faculdade de Economia, da Universidade Nacional do México, e especialista no estudo das rebeliões indígenas em Chiapas, tendo vivido na região durante dez anos, atuando como professor de comunidades indígenas, e tendo aprendido uma de suas línguas. É sobre esta temática que ele escreveu sua tese de doutorado (Paris I - Panteon Sorbone) que, em 1985, foi publicada com o título de Resistência e Utopia, tornando-se, a partir de 1994, um best-seller. Atualmente, ele é assessor do Exército Zapatista.

Depoimento fornecido ao professor Jorge Nóvoa, em julho de 1996, na Faculdade de Filosofia e Ciência Humanas, da Universidade Federal da Bahia.

Tradução do espanhol: Cristiane Nova.


 Clique AQUI e leia.