segunda-feira, 4 de maio de 2015

Professores mantêm a greve no Pará

Fonte da imagem: Site Sintepp
Os (as) trabalhadores (as) em educação da rede estadual das regionais Metropolitana, Baixo Tocantins, Nordeste I e II e Oeste do Sintepp, reunidos (as) em assembleia geral na manhã desta segunda-feira (4), na EE. Cordeiro de Farias, em Belém, deliberaram pela continuidade da greve. O movimento, que já ultrapassa os 41 dias, foi iniciado depois do anúncio do governo Jatene/Helenilson (PSDB) de não pagamento do piso salarial nacional (que acumula os meses de janeiro a abril para retroativo), da ameaça de retirada de direitos historicamente conquistados, além do não cumprimento da pauta proposta pelo sindicato para a campanha 2015, que inclui a unificação do PCCR, calendário de reforma das escolas, lotação por jornada e demais itens que garantiriam o estabelecimento de uma educação pública com qualidade social.

Clique AQUI e saiba algumas prioridades da categoria.

AGENDA DE GREVE  
5/05 (terça-feira)

Mobilização nas escolas e reunião com a comunidade.
 
6/05 (quarta-feira)

9h – ato público na Alepa (Pça Dom Pedro II).
 
7/05 (quinta-feira)

Mobilização nas escolas e reunião com a comunidade.

8/05 (sexta-feira)

9h – Assembleia geral, EE. Cordeiro de Farias. 

Fonte: Sintepp