quarta-feira, 3 de junho de 2015

SDDH acompanha visita do CNDH e da Plataforma Dhesca na região do Xingu

Foto: divulgação
A visita do Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), juntamente com Plataforma Dhesca à região do Xingu está sendo acompanhada pela SDDH nos dias 1, 2 e 3 de junho de 2015. O CNDH está verificando in locu a situação das violações de direitos humanos em Altamira e redondezas. 
O resultado dessa visita será preparar um relatório específico sobre o tema e realizar algumas recomendações necessárias para os órgãos e empresas violadoras de direitos das comunidades atingidas pela construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

O Conselho visitou ontem (2) comunidades que estão sofrendo ameaças de retirada forçada de seus locais de moradia, os quais já são precários. Segundo os moradores de uma das comunidades de baixada de Altamira, a Norte Energia se nega a cadastrar as famílias e trata mal aqueles que buscam seus direitos, os chamando de invasores.

Os moradores das casas que aparecem na imagem relatam que não possuem qualquer tipo de opção pela Norte Energia SA sobre indenização ou terreno, sendo que, muitos se submetem a morar nessas condições por não ter opção, já que o aluguel em Altamira está em cerca de 800 reais para uma casa de dois quartos. 

Nesta quarta (3) será realizada uma audiência pública em Altamira para ouvir a população sobre os impactos que tem sofrido desde o início da construção da Usina. Será uma oportunidade para os moradores relatarem, de forma livre, aos membros do CNDH, o que vem acontecendo na região.

Por Sandy Faidherb