segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Vía Campesina marca presença no Congresso Brasileiro de Agroecologia

Por Viviane Brígida

Cerca de 400 campones@s da Vía Campesina chegam a Belém do Pará para participar do Congresso Brasileiro de Agroecologia, um evento realizando há mais de dez anos, organizado por Instituições de ensino, pesquisa e extensão, sociedade civil organizada, movimentos sociais e por Instituições governamentais.

O IX CBA tem como tema “Diversidade e soberania na construção do bem viver”, são esperadas cerca de 3 mil pessoas tratarão de dialogar e trocar experiências, reflexões e convicções políticas e agroecológicas e ocorre no Hangar Centro de Conversões da Amazônia de 28 /09 a 01/10.

Durante esses a Via Campesina estará com acampamento na UFRA (universidade Rural da Amazônia) com 400 camponesas/es oriundas de várias regiões ligados ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), CPT(Comissão Pastoral da Terra), FEAB (Federação dos estudantes de Agronomia do Brasil), ABEFF(Associação Brasileira dos Estudantes de Engelharia Florestal), LPJ (Levante Popular da Juventude) que levarão práticas, especialmente na de saberes e sabores e reflexões sobre a agroecologia dos campesinos durante as "rodas de conversas", apresentando dimensões do projeto político de transformação da hegemonia do Capital.

No acampamento da Vía Campesina também haverá debates com análise de conjuntura e atividades culturais. Para Camponeses e camponesas são geradas grandes expectativas para sua realização, por considerarem que a região amazônica “contempla a essência da caminhada agroecológica: diversidade ecológica, histórica, cultural, social, econômica e política”, sobretudo em um contexto de disputas de projetos de desenvolvimento para o campo. 

Em sua IX edição, esta é primeira vez que se realiza na Amazônia. Este espaço de debates e valorização da agroecologia como ciência, mas como prática realizada pela agricultura camponesa e familiar distribuídos em vários territórios no Brasil, o CBA torna-se o maior evento e trocas de experiência sobre a agroecologia no Brasil.


SOBRE O ACAMPAMENTO DA VIA CAMPESINA:

Público: participação de 400 pessoas (entre estudantes, militantes, camponeses e camponesas da Via Campesina).


Organizações:

MST - Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

MPA - Movimento dos Pequenos Agricultores

MAB - Movimento dos Atingidos por Barragens

MMC - Movimento de Mulheres Camponesas

FEAB - Federação dos Estudantes de Agronomia do Brasil

CPT - Comissão Pastoral da Terra

PJR - Pastoral da Juventude Rural

ABEEF - Associação Brasileira dos Estudantes de Engenharia Florestal

CIMI - Conselho Indigenista Missionário

LPJ- Levante Popular da Juventude


Local: Universidade Federal Rural da Amazônia/UFRA.

(Avenida Presidente Tancredo neves, n 2501. Bairro Terra Firme. Belém-PA)