“Mulheres da Amazônia, contra as violências, dizemos não a Bolsonaro”


Dia Internacional da Mulher – 8 de Março

A Frente Feminista do Pará convida todas e todos a participar de mais um dia histórico no longo processo de lutas em defesa das mulheres, de nossas vidas, dos direitos conquistados e dos direitos que ainda nos faltam. Um dia simbólico contra o patriarcado, o racismo e a misoginia.

Neste ano de 2020, dizemos mais forte “não” a todas as formas de violência e “não” a Bolsonaro, que representa cada uma delas e, sobretudo, como presidente do Brasil, tem naturalizado todas elas.

Com valentia e arte, repudiamos o feminicídio, o ataque às conquistas trabalhistas, o desprezo por nossa saúde mental e nossos direitos sexuais e reprodutivos. Denunciamos o ódio que disseminam contra nossas escolhas e nossa força libertária.

A construção coletiva das mulheres por um mundo mais justo foi reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, quando instituiu o dia 8 de março como marco desta luta em todas as sociedades. No Pará, pelo menos seis cidades já definiram suas atividades. No Pará, pelo menos seis cidades já definiram suas atividades: Ananindeua, Altamira, Belém, Castanhal, Marituba e Santarém.

Participe! Organize! Vamos à luta! Vamos às ruas!


Postagens mais visitadas deste blog

Jornal Resitência- edição 42 - julho de 2019